10932546_836103366472403_1016147752_n

Lentilha com pêra caramelizada

10932546_836103366472403_1016147752_n

Prato/salada super nutritivo e cheio de sabor ❤️
👉Cozinhe 100g de lentillha por aproximadamente 25 minutos. 👉Enquanto isso, coloque em uma panela:

🔹2 pêras cortadas
🔹2 colheres de sopa de azeite, 🔹2 colheres de sopa de mel 🔹2 colheres de sopa de vinagre balsâmico

Cozinhe em fogo brando, com a panela semitampada por 30 minutos, ou até a pêra ficar completamente caramelizada. 👉Preaqueça o forno e asse aproximadamente 200g de tomatinhos cerejas,até a pele amolecer e começar a abrir.

👉Misture em uma tigela:
🔹4 cebolinhas picadas finas
🔹40g de nozes (eu gosto de dar uma tostadinha nelas antes)
🔹1 pimenta malagueta picada fininha
Acrescente à tigela:
🔹 a lentilha cozida,
🔹1 colher de azeite e 🔹o suco de 1/2 limão siciliano (mas pode ser outro tipo de limão tb)
Sirva a lentilha com as pêras caramelizadas e os tomatinhos por cima 😋

 

flora

Estudo relaciona influência dos micróbios do intestino na mente

Um estudo publicado no The Journal of the American Medical Association mostra algumas das primeiras evidências da interação bidirecional entre as bactérias do intestino e o cérebro. Tradicionalmente, os estudos relacionam o sistema nervoso central com a regulação do nosso humor e comportamento, mas novas pesquisas apontam o papel único da nossa microbiota intestinal em influenciar as emoções.

Os pesquisadores observaram que os ratos que não apresentavam os micro-organismos comensais tiveram uma resposta exagerada ao estresse, acompanhados de química cerebral alterada e hormônios de estresse elevado.

Confira mais detalhes do estudo nos links abaixo.

[ultimate_icon_list icon_size=”40″ icon_margin=”5″][ultimate_icon_list_item icon_type=”selector” icon=”Defaults-file-text” icon_color=”#333333″ icon_style=”none” icon_color_bg=”#ffffff” icon_color_border=”#333333″ icon_border_size=”1″ icon_border_radius=”500″ icon_border_spacing=”50″]Unraveling the Influence of Gut Microbes on the Mind[/ultimate_icon_list_item][ultimate_icon_list_item icon_type=”selector” icon=”Defaults-file-text” icon_color=”#333333″ icon_style=”none” icon_color_bg=”#ffffff” icon_color_border=”#333333″ icon_border_size=”1″ icon_border_radius=”500″ icon_border_spacing=”50″]The  Cure for Brain Diseases Is in Your Gut[/ultimate_icon_list_item][/ultimate_icon_list]

Fonte: Abran.org

pao

Pão Multigrãos

1 porção = 1 fatia
número de porções = 10

Valor nutricional e calórico por porção
Calorias = 269 kcal

Carboidratos = 19,36 g

Proteínas = 14,25 g

Gorduras = 16,91 g
Ingredientes
– 250g de farinha de soja

– 250g de linhaça em grãos

– 1 colher (chá) de fermento biológico seco

– 1 ¼ colher (chá) de sal marinho

– 2 colheres (sopa) de sementes de girassol

– 2 colheres (sopa) de sementes de abóbora1

– ½ xícara (chá) de água em temperatura ambiente

 

Modo de Preparo
Misture a farinha, a linhaça, o fermento, o sal e as sementes em uma tigela de tamanho médio.

Adicionar 1,5 xícaras de água e mexa bem até formar uma massa homogênea. Borrife um pouco de azeite sobre a parte superior da massa, mexa para misturá-lo e em seguida, borrife no lado de baixo também.

Cubra com filme plástico e coloque um pano de prato limpo sobre a tigela. Reserve em um lugar quente por 6 a 8 horas ou durante a noite.

Uma vez descansado, coloque a massa em uma bancada limpa, dobrando-a sobre si mesma duas vezes. Retorne para a tigela, cubra e deixa descansar novamente por uma hora. Durante os últimos 20 minutos, preaqueça o forno a 210°C.

Retire a massa da tigela (que agora deve estar com o dobro do seu tamanho), molde como uma bola coloque em uma caçarola com tampa. Faça 3 pequenos cortes superficiais na parte de cima do pão com faca afiada para a decoração.

Asse coberto por 30 minutos, retire a tampa e deixe terminar de cozinhar por mais 15 a 20 minutos. Retire do forno e sirva.

xsalada-de-arroz-7-cereais-e-frango51-thumb-570.jpg.pagespeed.ic.FpWSuzoXze

Salada de arroz 7 cereais e frango

1 porção = 50gr
número de porções = 6

Valor nutricional e calórico por porção
Calorias = 360 kcal
Carboidratos = 40,70 g
Proteínas = 16,71 g
Gorduras = 17,57 g

Ingredientes

– 2 xícaras (chá) de arroz 7 cereais

– 1 maçã verde com casca, cortada em cubos pequenos

– 4 colheres (sopa) de azeite

– 1 cebola pequena picada

– 1 xícara (chá) de salsão cortado em pedaços

– 1 cenoura cortada em cubinhos

– 4 colheres (sopa) de vinagre de maçã

– Suco de 1 limão

– ½ xícara (chá) de nozes pecãs picadas grosseiramente

– 2 pitadas de pimenta caiena

– Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

– 2 xícaras de frango desfiado

– Cheiro verde a gosto

Modo de Preparo

Cozinhe o arroz e desfie o frango e reserve em uma tigela. Em uma frigideira, refogue a maçã até a fruta dourar. Acrescente à tigela do arroz e frango. Na mesma frigideira, aqueça 1 colher (sopa) do azeite e refogue a cebola, o salsão e a cenoura, mexendo de vez em quando, até a cebola ficar transparente. Retire do fogo e misture aos outros ingredientes e mexa delicadamente e tempere com sal e pimenta. Em uma tigela pequena, misture o vinagre, o suco de limão e 2 colheres (sopa) de água e o azeite restante. Despeje sobre a salada e misture bem. Leve para gelar coberta com filme plástico. Na hora de servir, acrescente as pecãs misturadas com a pimenta caiena. Se não gostar de pimenta, basta excluir.

img0107

Saúde amplia recursos para serviços de nefrologia

O Ministério da Saúde libera mais R$ 111,6 milhões para que todos os estados possam aprimorar os serviços de hemodiálise oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O incremento nos recursos aumenta de R$ 2,3 bilhões (2012) para R$ 2,4 bi, em 2013. O Ministério investe mais de R$ 2 bilhões, por ano, na oferta de procedimentos de nefrologia pela rede pública de saúde.

Estima-se que 83,4 mil pacientes são mantidos em serviços de diálise na rede pública de saúde, sendo que 90% desse total fazem hemodiálise. O SUS oferece atenção integral aos usuários com problemas renais, incluindo a oferta de medicamentos e de exames complementares.

Segundo o secretário nacional de Atenção à Saúde, Helvécio Magalhães, o Ministério conhece as dificuldades do setor, por isso, desde 2011, antecipa “o repasse de recursos para garantir a assistência prestada e esta investindo para garantir a sustentabilidade dos hospitais que prestam este tipo de serviço”, afirma.

A Portaria 381, publicada na quinta-feira (14), no Diário Oficial da União (DOU), define que este recurso será financiado pelo Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (FAEC) e adicionado ao limite anual dos 26 estados e do Distrito Federal.

Em 2012, foram realizadas mais de 12 milhões de sessões de hemodiálise na rede pública. E em 2011, foram 11 milhões de procedimentos.

O Ministério Saúde habilitou – no ano passado -, 12 novos serviços para assistência em nefrologia, totalizando 686 em todo o país – 30% a mais que o total em 2010 (483).

FATORES DE RISCO – A hipertensão arterial e o diabetes são os principais fatores de risco modificáveis para doenças crônicas não transmissíveis. Levantamento do Ministério da Saúde indica que 54% dos usuários que fazem tratamento de hemodiálise no SUS apresentam hipertensão ou diabetes como causas da doença renal crônica – caracterizada pela perda progressiva e irreversível da função dos rins.

O diabetes é a segunda causa de início em diálise em estágios mais avançados (doença renal crônica terminal). O diagnóstico da doença nem sempre resulta em complicação renal, se for adotado um estilo de vida saudável, sem fumo ou álcool e com a prática de atividade física regular, o paciente pode levar uma sem complicações.

Fonte Portal da Saúde

1 2
×
Show