Anemia

Como ocorre a anemia de causa renal

AnemiaA anemia ocorre em pessoas em que o nível de hemoglobina no sangue, se apresenta em quantidade menor do que a necessária para manter os nutrientes essenciais ao corpo. Ela pode ser proveniente da deficiência de ferro, zinco, vitamina B12 e proteínas.

A anemia em pacientes com insuficiência renal, é mais comum do que se pensa. E nesses casos podem trazer outras complicações, como por exemplo problemas cardíacos. Já que o coração do paciente anêmico precisa trabalhar mais.

O rim e a anemia

O rim produz um hormônio chamado eritropoietina, que estimula a produção de glóbulos vermelhos do sangue. A deficiência no funcionamento dos rins contribui para a diminuição da formação desse hormônio, o que por consequência causa a anemia.

Para que os glóbulos vermelhos sejam formados corretamente, outros elementos, tais como vitamina B e o ferro, devem estar presentes em quantidades corretas, pois são o que contribuem para a “construção” do sangue.

Sintomas e diagnóstico

Só um exame de sangue para identificar com certeza se o paciente apresenta anemia ou não. Pacientes em diálise, tem um limite de quantidade de hemoglobina exigido pelo sangue que está entre 11 e 12g/dl. Menos que isso, o paciente apresenta anemia, e precisará de tratamento.

Porém, além disso, alguns sintomas externos são facilmente observados. Preste atenção se você não apresenta algum deles ou conhece alguém que esteja se sentindo assim:

– Fadiga excessiva
– Falta de apetite
– Palidez (nas mucosas)
– Pouca disposição/Apatia

Tratamento e acompanhamento

O tratamento da anemia é feito com reposição de eritropoetina, ferro,complexo B e ácido fólico que são fundamentais para o funcionamento regular do organismo. Porém, nem todos os pacientes em tratamento de diálise apresentam anemia, ainda assim, é de extrema importância ter o hábito de acompanhar o resultado de exames de sangue realizado com frequência pela Unidade de Diálise e dessa forma você poderá entender e participar ativamente do seu tratamento.

Fonte: www.nefrologiabrasilia.com.br

×
Show